Cadastro Newsletter

Redes Sociais

Acesso aos Editais
 
Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Metalúrgicos de Gravataí iniciam negociações na campanha salarial de 2014 para GM
Foto: Playpress

A discussão das cláusulas sociais e metas dominaram o encontro realizado entre a comissão de negociação da General Motors e diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí. As tratativas tiveram início em 27 de fevereiro e nesse momento acontecem reuniões de negociação para que seja levada proposta para votação em assembleia com a presença dos trabalhadores. 

- A classe trabalhadora vem sofrendo ataques desnecessários. Vamos negociar, mas exigimos respeito com os trabalhadores - afirmou o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari, o Quebra-Molas. 

A reivindicação do Sindicato dos Metalúrgicos é de reajuste salarial de 10% (inflação do período mais aumento real) em 1º de abril de 2014. Os trabalhadores também pedem abono salarial de R$ 3.500,00 e PPR de R$ 6 mil (no atingimento de 100% da meta). O piso salarial reivindicado pelo Sindicato é de R$ 1.850,00. 

A jornada de trabalho deve também ser reduzida para 40 horas semanais. Desde 2010, vem sendo tratada a diminuição da carga, estando atualmente em 41 horas por semana. 

A pauta conta ainda com um item que se refere a implantação do 3º turno. Os trabalhadores querem a garantia de emprego para quem for selecionado para esse turno. Nas cláusulas sociais é pedida a revisão da cota de participação com redução do valor da consulta médica. 

Estiveram presentes representando o Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí os diretores Valcir Ascari, Noeldi Leal Trindade (Nando), Gualberto Cetrullo Dusser (Castelhano) e Edson Dorneles.


Fonte: Playpress Assessoria - 26/03/2014
 
Comentários